Televendas | 0800 878 6547

Veja por que vale a pena se especializar em Medicina do Esporte

Um segmento em ascensão e que pode ser uma ótima chance! Veja mais detalhes sobre a Medicina do Esporte!

Por muito tempo, os médicos desempenharam um papel secundário no esporte, sendo chamados em casos mais extremos, como quando surgiam lesões. Hoje, porém, esses profissionais se tornaram fundamentais para aqueles atletas que querem atingir o alto rendimento ou mesmo uma rotina saudável para quem é amador. Não à toa, a Medicina do Esporte tem se tornado uma especialização bastante procurada.

Após estudar medicina, são muitos os caminhos para o profissional formado, mas o ideal é se especializar para conseguir um diferencial competitivo que dê um maior destaque ao seu currículo, não é mesmo? Para aumentar as suas chances, encontrar um segmento com muitas oportunidades é ainda melhor. Por isso, se tornar um especialista em Medicina do Esporte é uma das melhores opções.

Ainda está em dúvida se esse é o caminho que você quer seguir? Sem problemas! Preparamos este conteúdo completo acerca do tema para esclarecer os seus principais questionamentos e garantir que você tome as melhores decisões para a sua carreira. A seguir, saiba tudo sobre Medicina do Esporte!

Qual é o papel do especialista em Medicina do Esporte?

O especialista em Medicina do Esporte não atua apenas no tratamento de lesões, por exemplo. Hoje, essa é uma função muito mais ampla e busca contribuir com o preparo de atletas profissionais e até mesmo amadores. A partir dos seus conhecimentos, o médico esportivo participa de todo o ciclo da prática dos exercícios, tanto antes quanto depois das partidas.

Em resumo, o foco principal para quem se especializa em Medicina do Esporte é atuar na prevenção, diagnóstico e tratamento de diferentes tipos de problema relacionados a alguma prática esportiva.

Imagine que um atleta amador quer fazer uma meia-maratona em sua cidade. Percorrer os mais de 21 quilômetros não é uma tarefa fácil e, portanto, o aconselhamento profissional é muito importante — seja para aumentar a performance do atleta durante a prática da atividade, seja para reduzir os riscos de lesões ou problemas mais sérios.

Até mesmo a questão da nutrição está relacionada à Medicina do Esporte. Ou seja, o especialista no assunto participa ativamente da rotina de um atleta durante a prática das suas atividades, contribuindo para que alcance o seu rendimento mais alto sem prejudicar a sua saúde.

No dia a dia desse profissional, algumas atividades podem ser desempenhadas:

  • análise de desempenho físico;
  • criação de um programa de exercícios;
  • definição de um planejamento alimentar;
  • realização de intervenções invasivas e não invasivas;
  • acompanhamento profissional a partir de exames clínicos e laboratoriais;
  • coordenação de equipes de medicina esportiva.

Como está o mercado de trabalho?

Segundo uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), quase 40% dos brasileiros praticam alguma atividade física. Além disso, dados do estudo Year in Sport mostram que homens e mulheres no Brasil aumentaram as suas frequências de exercícios realizados, com crescimento respectivo de 43% e 30% na comparação entre 2019 e 2020.

Esse cenário, é claro, se reflete nas alternativas do mercado de trabalho. Afinal, não são apenas os profissionais que passam a utilizar os serviços da Medicina do Esporte, com mais amadores e semiprofissionais procurando por orientação para conseguir melhores resultados. Com a prática ganhando mais espaço na sociedade, as oportunidades para os especialistas no assunto também aumentam.

Dados da plataforma Trabalha Brasil indicam que as posições também podem ser atrativas do ponto de vista financeiro. Um trainee que atua na área em uma empresa pequena, por exemplo, tem salários iniciais próximos aos R$ 4 mil mensais. Enquanto isso, um cargo sênior em negócio médio pode oferecer um salário superior aos R$ 10 mil.

Atualmente, informações do estudo Demografia Médica, realizado em 2018, mostram que são quase 900 mil profissionais atuando na área da Medicina do Esporte por todo o Brasil. Uma das proporções mais baixas entre as principais especialidades, o que pode significar uma série de oportunidades para os especialistas que investirem nessa carreira.

Quais são as possibilidades de atuação?

Como mostramos, são muitas as possibilidades de atuação por quem decide se especializar em Medicina do Esporte. Desde clubes profissionais, em que o médico vai atuar com atletas de alto rendimento, até mesmo academias e associações esportivas para lidar com um público mais amador.

Assim, com números maiores de praticantes no Brasil, a busca por clínicas e consultórios particulares para preparação e reabilitação também tem aumentado.

Por que considerar a pós-graduação em Medicina do Esporte da Inspirali?

Apesar de a Medicina do Esporte ser um mercado bastante atrativo, isso não significa que você possa fazer qualquer especialização. A instituição escolhida para fazer a pós-graduação no assunto é muito importante. Em um primeiro aspecto, é necessário avaliar a reputação e a qualidade do quadro técnico, como os professores que fazem parte do curso.

Outro ponto importante é a viabilidade e o encaixe de grade curricular com os seus objetivos profissionais. As aulas e matérias, práticas e teóricas, são o que você precisa para se destacar na medicina esportiva? Caso contrário, você vai apenas adicionar algumas linhas ao seu currículo, mas sem um impacto tão significativo na prática.

Por fim, é preciso equilibrar as suas responsabilidades profissionais e pessoais, não é mesmo? Encontrar uma instituição que ofereça flexibilidade de tempo e local para a realização dos cursos, como a Inspirali, pode tornar a sua rotina muito mais simples e prazerosa. Quando você escolhe uma empresa que é referência no mercado, as chances de transformar a especialização em oportunidades aumentam sensivelmente.

A Medicina do Esporte faz parte de um segmento em alta, e conhecer as suas oportunidades de atuação é o primeiro passo para se destacar na carreira. A partir disso, é hora de identificar quais são as necessidades do seu currículo, encontrar a instituição certa para se especializar e tornar o seu perfil profissional ainda mais completo e diferenciado no mercado de trabalho.

O que acha, então, de conhecer um pouco mais sobre o curso de Medicina do Esporte da Inspirali? Saiba como você vai aprender de forma multidisciplinar os principais conceitos, teóricos e práticos, para se destacar no segmento!

Últimos posts

Neuropsicologia: o que você deve saber sobre essa especialidade médica

A Neuropsicologia é uma área importante para entender as funções cognitivas e pede mais e mais especialistas. Confira os detalhes!…

Pós-graduação em Medicina? Conheça vantagens e dicas para acertar na escolha

Ao fazer uma pós-graduação em Medicina, você ganha o título de especialista e pode se aprofundar no exercício da profissão!…

Veja por que vale a pena se especializar em Medicina do Esporte

Um segmento em ascensão e que pode ser uma ótima chance! Veja mais detalhes sobre a Medicina do Esporte! Por…

Filtro

Utilize os filtros para facilitar sua busca

Tipos de Formação
Área de Interesse

Olá, estamos felizes por se interessar em nosso conteúdo, para prosseguir preencha os campos abaixo e tenha acesso a este e mais conteúdos de qualidade

Utilizamos seus dados conforme previsto em nossos avisos de privacidade. Você pode cancelar nossa comunicação a qualquer momento. Para saber mais, clique aqui.

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar oferta de cursos e serviços e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Olá, estamos felizes por se interessar em nosso conteúdo, para prosseguir preencha os campos abaixo e tenha acesso a este e mais conteúdos de qualidade.

Utilizamos seus dados conforme previsto em nossos avisos de privacidade. Você pode cancelar nossa comunicação a qualquer momento. Para saber mais, clique aqui.